Descalvado, 24 de Maio de 2020 Busca:   
Descalvado

Secretaria de Saúde realizou a campanha ‘Fique Sabendo 2019’

07/12/2019

Profissionais da saúde também participaram de curso de capacitação para aumentar oferta de testes rápidos à população.


A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Descalvado, por meio da rede de atenção básica e da Vigilância Epidemiológica, realizou a campanha “Fique Sabendo 2019”, entre os dias 2 e 6 de dezembro.

A campanha consiste em uma importante intensificação da testagem do HIV e da Sífilis junto à população mais exposta à essas infecções. De maneira geral, a ideia é promover o acesso ao teste, ampliar o número de pessoas que conheçam seu status sorológico, vincular o portador do HIV à referência e ofertar o tratamento imediatamente após o diagnóstico.

De maneira geral, no decorrer da campanha, as Unidades Básicas de Saúde realizaram, em sala de espera, atividades preventivas e de estímulo à realização de diagnóstico do HIV e da sífilis, com realização dos testes rápido de HIV/Sifilis.

No caso do HIV, a testagem é a porta de entrada para uma cadeia de cuidados contínuos de prevenção, diagnóstico, vinculação, tratamento, retenção e supressão viral. Em relação à sífilis, a testagem oportuniza o diagnóstico e tratamento de uma doença muitas vezes silenciosa.

CAPACITAÇÃO - Aproveitando a semana da campanha ‘Fique Sabendo’, a Secretaria de Saúde capacitou 17 profissionais para a realização de testes rápidos. Participaram do treinamento profissionais como dentista, nutricionista, psicólogo, enfermeiro, farmacêutico e técnico de enfermagem com objetivo de capacitar profissionais de saúde para ofertar testes rápidos à população

“Estes profissionais tiveram aulas teóricas e práticas, com duração de 16 horas, e no final receberam certificados”, informou a responsável da vigilância epidemiológica, Maria de Lourdes Cordeiro Santana. O curso foi ministrado pela Biomédica Yana Mofatto e pela Enfermeira Responsável da Saúde da Mulher, Juliana Mazaro.

Ainda segundo a Enfermeira Maria de Lourdes, quanto antes acontecer o diagnóstico e o início do tratamento, melhores são as chances de controlar o HIV, aumentando assim a expectativa de vida da pessoa com a doença. “No caso da sífilis, na gestação é necessário testar a gestantes duas vezes durante o pré-natal, na primeira consulta e no terceiro trimestre, preferencialmente na vigésima oitava semana, para que haja tempo do tratamento oportuno e assim evitar do bebê nascer com sífilis congênita, que é a forma que mais nos preocupa”, explicou.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2020 - Todos os direitos reservados